Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 2 de agosto de 2011

 CAMOCIM CONTINUA SEM SINAL DE TV


Desde o início do mês de maio de 2011 que a população de Camocim não tem acesso aos sinais da TV Record, SBT, Rede TV e TV Assembleia, entre outras. A torre antiga foi desmontada por motivo de segurança, após laudo do órgão estadual que cuida do setor. Foi aí que entrou a Prefeitura de Camocim com a promessa de que mandaria fazer outra torre enquanto a antiga estava sendo desmontada. Acontece que até o momento não apareceu torre alguma, sendo que no último dia 27 de junho, um dos responsáveis pela manutenção da mesma veio a público, através do Programa Grande Jornal, apresentado pelo radialista Zezinho Silva, na Pinto Martins 98,7, FM, com a promessa de que o serviço voltaria ao normal a partir do dia 08 de Julho, inclusive com a entrada da TV Bandeirantes e Rede Vida. Essa teria sido mais uma promessa feita a ele, pelo Secretário de Infraestrutura do Município, que por sua vez nunca falou sobre esse assunto em nenhum órgão de imprensa, mesmo ele sendo reconhecido como alguém que sempre "brigou" pelos direitos do povo, pelo menos antes de ter sido eleito vereador e agora nomeado secretário. Aí parou o "gás". 

Agora pasmem: Segundo informações obtidas pelo blog, a torre está "prontinha da silva", mas não teria sido montada ainda por dois motivos: 1°- A empresa que fez o serviço não consegue receber o pagamento. 2° - Existiria uma ordem do palácio real exigindo que a torre até fosse montada, desde que sem o sinal da TV Assembleia, responsável, entre outras coisas, pelas transmissões das sessões legislativas que  apresentam e aprovam projetos em prol da população cearense. Além de censura, isso seria uma forma de evitar que o povo tenha acesso à informação. Enquanto isso, segue o drama da maioria esmagadora da população, que sem condições de ter um parabólica ou Sky, como certamente o Rei deve ter, e de sobra, fica sem mais esse lazer numa cidade que não possui cinema, teatro e muito menos respeito ao seu povo por parte do poder público. 

FONTE:camocim online

Nenhum comentário:

Postar um comentário